Gustavo Nazareno

Três Pontas, MG, Brasil, 1994
Vive e trabalha em Sâo Paulo, SP, Brasil

Autodidata, sua prática artística é guiada em especial pela pintura a óleo e pelo desenho em carvão. A sua pesquisa tem como foco principal a diáspora africana na religiosidade brasileira, representada pelo panteão dos orixás que constitui a mitologia Iorubá. Também dedica-se ao estudo da anatomia humana, revelada no contorno delineado e aguçado das figuras que representa.  Suas obras são carregadas de dramaticidade e munidas de uma narrativa visual suntuosa, o que revela também uma aproximação com a fotografia de moda. O artista já participou de exposições no Brasil, África e Reino Unido.

©Portas Vilaseca Galeria.