ARTE+CARE #4 – LIN LIMA ABRE O CICLO #4 DO PROGRAMA COM A SÉRIE “ARQUEOLOGIA DO TRAÇO”

Abrindo o ciclo #4 do programa ARTE+CARE, o artista Lin Lima apresenta uma nova série que dá continuidade à sua pesquisa sobre a materialidade do lápis, em diálogo com a arte cinética, o neoconcretismo e a arte pop. Em “Arqueologia do Traço“, o artista busca, de uma forma poética e abstrata, refletir sobre o que nós fomos até bem pouco tempo, e o que poderá ser desenterrado em breve para que possamos entender como chegamos a essa nova era, bem diferente daquilo que imaginávamos ou pudéssemos projetar ou esboçar há poucos meses.

Parte da venda desses trabalhos irá beneficiar mais uma iniciativa relevante de interesse público nos campos da cultura, da saúde e da atenção básica. Para esta quarta etapa do programa ARTE+CARE, vamos apoiar o projeto “Lanchonete <> Lanchonete”, um trabalho coletivo mobilizado pela artista Thelma Vilas Boas que se desenvolve no território ancestral conhecido como Pequena África, na região central da cidade do Rio de Janeiro. O projeto funciona como uma cooperativa / escola de saberes / cozinha comunitária e política. Desde 2016, vem promovendo e fortalecendo processos de aprendizado coletivo, de troca e de escuta entre os seus interlocutores e articuladores: crianças, jovens, adultos, artistas, trabalhadores, professores, pesquisadores, vizinhos, amigos e demais parceiros, todos juntos nos propósitos de bem-estar social e vivência de potencialidades. O projeto atende atualmente uma rede de 56 crianças que vivem nos bairros da Saúde, Gamboa e Santo Cristo.

Nas próximas semanas, participam com trabalhos inéditos Solange Escosteguy, Deborah Engel e Claudia Hersz. Fiquem ligados nos nossos canais online!

Acesse aqui o PDF completo para visualizar todos os trabalhos e leia mais sobre o programa ARTE+CARE.

Para visualizar em nosso perfil no Artsy, clique aqui.

——

ARTE+CARE é um programa desenvolvido para apoiar nossos artistas representados e, ao mesmo tempo, ajudar pessoas, organizações e iniciativas de cuidado e proteção àqueles mais atingidos durante esses tempos incertos: trabalhadores da cultura que enfrentam dificuldades econômicas, crianças e comunidades vulneráveis. Séries de trabalhos inéditos e a preços acessíveis (entre R$900 e R$2000 cada) foram produzidas exclusivamente para o programa pelos nossos artistas e, a cada mês, uma parte das vendas será doada a uma iniciativa diferente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

©Portas Vilaseca Galeria.