Felipe Seixas

1989, São Bernardo do Campo - SP, Brasil.
Vive e trabalha em São Paulo.

Formado em Design Digital (2011) pela Universidade Anhanguera, São Paulo.
Participou dos cursos "A escultura como objeto artístico do século XXI" com Ângela Bassan (2015) e "Esculturas e Instalações: possibilidades contemporâneas" (2016) com Laura Belém, ambos na FAAP e do grupo de acompanhamento de projetos do Hermes Artes Visuais, com Nino Cais e Carla Chaim (2016).

Em 2017 fez sua primeira exposição individual: (I)matérico presente, com curadoria de Nathalia
Lavigne, na galeria Zipper (projeto Zip'Up).
Participou da XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira 2017 (Portugal), da 2ª Bienal Caixa de
Novos Artistas, com itinerâncias pelo Brasil, da mostra Hagase la Luz na Fundação ArtNexus
(Colômbia) e recebeu o prêmio da 28ª Mostra de Arte da Juventude do Sesc Ribeirão Preto. Em 2016
participou da 1ª Bienal de Arte Contemporânea do Sesc-DF, e do 7° Salão dos Artistas Sem galeria e
recebeu o prêmio Menção Honrosa no 15° Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos. Em 2015
recebeu o prêmio Menção Especial no 22° Salão de artes Plásticas de Praia Grande

©Portas Vilaseca Galeria.